[Dia 4 - Desafio] Resenha - Coraline

domingo, 12 de fevereiro de 2012

CoralineAutor: Neil Gaiman
Editora: Rocco
ISBN: 9788532516268
Ano: 2003
Páginas: 160

Pra ler ouvindo:
The Dissociatives - Horror With EyeballsThe Dissociatives - RainBlood Red Shoes - It's Getting Boring by the SeaBlood Red Shoes - ADHDTommy Heavenly6 - Papermoon


Resenha:

Começamos o livro com Coraline, que mudou-se para uma casa nova. Num dia de chuva, entediada e cansada de não receber a devida atenção de seus sempre ocupados pais e de ser ignorada pelos vizinhos que insistem em falar seu nome errado, ela decide explorar a casa nova. Contou tudo o que era azul (153). Contou as janelas (21). Contou as portas (14). Só que dessas portas, todas davam a algum lugar exceto por uma.


A seguir, ela descobre que essa porta leva a uma casa. Uma casa exatamente igual a sua, com exceção de que a comida é boa, os vizinhos a chamam pelo nome certo, seus pais lhe dão atenção e ela tem exatamente tudo o que deseja. Para permanecer nesse mundo, é necessário que ela faça apenas uma coisinha... que pode acabar sendo irreversível.

Coraline é uma criança imaginativa e irrequieta, meio de saco cheio com o mundo em que vive. Sem querer, acaba encontrando esse outro mundo que parece ser um espelho do que ela já conhece porém com modificações que fazem toda a diferença: seus outros pais tem tempo de preparar sua comida de forma decente (sem congelados e coisas do tipo) e de brincar com ela. Ela tem brinquedos vivos, seus vizinhos são interessantes e tudo parece voltado para ela do jeito que ela imaginava que queria. Logo, ela precisa decidir se quer permanecer nesse mundo perfeito ou voltar as regras chatas do convívio com os pais quando estes subitamente desaparecem do mundo real. Ela passa a desconfiar desse mundo perfeito e de sua outra mãe, e sai em busca de seus pais com a ajuda de seu amigo, um gato a quem conheceu. Acaba por descobrir que existem muitos outros mistérios nesse outro mundo do que ela imagina e que precisa resolver. Apesar da aparência mais bonita e prazerosa da sua outra casa e seus outros pais, Coraline percebe que há algo errado e toma consciência de que as coisas são melhores do jeito que são, com suas falhas e defeitos.

Foi mais um dos casos o qual eu assisti o filme antes de ler o livro, e um dos poucos os quais eu posso afirmar que foi o mais fiel possível, com poucas modificações aqui e acolá. O livro ajuda também, é curtinho e dá para ser colocado num filme sem maiores dificuldades.

Coraline pode pegar de surpresa muitos desavisados. É um infanto-juvenil, sim, mas não por isso deixa de ter todo um toque sombrio característico dos livros de Neil Gaiman, e as ilustrações ajudam muito nesse sentido. Para os não familiarizados, ele é quase como um Tim Burton dos livros, que dosa a fantasia necessária para a história mas sem deixar de lado uma parte meio macabra. É mais um daqueles livros que são sim “para crianças” mas que não subestimam a inteligência destas, despertam interesse em todas as idades e possuem mensagens que talvez as crianças não compreendam só num primeiro momento. É fantástico como tudo o que eu tive a oportunidade de ler do Neil Gaiman (sou fã mesmo, julguem-me) e é mais um daqueles livros pra crianças que você devora em algumas horas, sem pretensão nenhuma mas que te fazem acabar a leitura com um sorriso bobo na cara.



"E a despeito de si mesma, Coraline acenou com a cabeça. Era verdade: a outra mãe a amava. Amava-a, no entanto, como um avaro ama o dinheiro ou um dragão ama seu ouro. Coraline sabia que aos olhos de botões da outra mãe, ela era uma posse, nada mais. Um bicho de estimação tolerado, cujo comportamento não era mais divertido.


5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha!!!
    Eu já vi o filme e amei.
    Amei saber q tem um livro, tó louca pra ler agora! Adorei o fato do livro ter o lado sombrio q vemos no filme, q bom q o livro tem o estilo "Tim Burton" ele é meu cineasta favorito ;)

    Ah eu sempre esqueço de te falar mas eu adoro oq vc escreveu no perfil! rsrsrs

    Agente já postou lá, quer ler? http://falleninme.blogspot.com/ desde já obrigada!
    - Paty

    ResponderExcluir
  3. Muito boa a resenha, adoro o Neil Gaiman :D

    ResponderExcluir
  4. Obrigada, Paty! O livro é muito legal, vale muito a pena ler! Eu sou muito fã do Neil Gaiman e recomendo demais, demais.Eu também adoro o Tim Burton :D acho que o Neil é como se fosse um Tim dos livros. E ah, brigada pelo elogio ao perfil, a gente faz o que pode HAHAH.

    ResponderExcluir
  5. Unknown, Brigada! Também adoro o Gaiman, acho ele genial demais <3

    ResponderExcluir

Blog contents © The Neon Lightning 2012. Blogger Theme by Nymphont.