[Dias 3 e 4 / Desafio] Resenha - Sereia

domingo, 12 de fevereiro de 2012


Sereia - Sereia (Livro Um)
Autora: Tricia Rayburn
Editora: Verus
ISBN: 9788576861089
Ano: 2011
Páginas: 306

Pra ler ouvindo:
The Subways – Girls and BoysThe XX – CrystalisedThe XX – IslandsRasputina – Deep in the Sweet waterFoals Olympic AirwaysOasis I'm Outta TimeFlorence + The Machine – What the Water Gave Me




Resenha:

Começamos esse livro sendo guiados pela protagonista, Vanessa, a garota mais medrosa do mundo (ou pelo menos é o que ela acha). No seu dia-a-dia, Vanessa tem a ajuda de sua irmã Justine, que é seu exemplo de como uma garota deve ser, a enfrentar todas as suas fobias.
Naquele ano, quando vão passar as férias em Winter Harbor, tudo muda. A corajosa Justine salta para um mergulho de um penhasco e dessa vez não volta, e seu namorado Caleb desaparece logo após o ocorrido.

Com a irmã morta, Vanessa se sente perdida e apesar de todos os acontecimentos resolve voltar para a casa de veraneio e descobrir o que se passou com a irmã, acreditando que sua morte não foi meramente acidental. Enquanto isso, outras mortes misteriosas com o mesmo modus operandi acontecem em Winter Harbour, deixando a cidade inteira em estado de alerta. Ela e o irmão de Caleb decidem descobrir os mistérios escondidos naquela cidade e acabam descobrindo muito, muito mais.

O livro me atraiu por ser único no tema (que eu tenha ouvido falar, ao menos). A premissa de trazer sereias ao mundo atual e real me pareceu interessante e eu queria ver como seria desenvolvida. Para a minha surpresa, a questão de balancear a mitologia com a realidade foi muito bem feita. A sereia aqui é a sereia clássica e sedutora que atrai os homens para sua ruína, porém com alguns toques modernizados para que pudessem se encaixar no roteiro.

A narrativa de Tricia é leve e fluida, o que torna Sereia uma leitura incrivelmente rápida. O grande problema é que muitos pontos chave de suspense no livro são incrivelmente previsíveis, mas não se preocupe: quando você acha que “matou” o livro lá pela primeira metade, começam a surgir mil outros questionamentos e dúvidas. Algumas das personagens são sem graça também, mas eu espero que dê tempo de desenvolvê-los no resto dos livros. Outra grande característica do livro que pode irritar muita gente é que são deixados muitos pontos soltos na trama. Muitas perguntas que são feitas ao longo do livro não são respondidas no final, deixando aquela ambiguidade bem característica de certos livros que diz “isso não é um fim, é só o começo”. Fechou os pontos principais do livro como a morte de Justine e (obviamente) as sereias, mas deixou uma porta aberta para o futuro da protagonista que ainda será desenvolvido no resto da série. Da minha parte, eu gostei do final e acho que o livro nem precisava ter uma continuação. Vai ser difícil continuar a fazer com que a trama seja igualmente interessante no resto dos livros.

Apesar de tudo, as criaturas mitológicas aqui são apenas o pano de fundo para a história, que é igualmente (ou até mais) focada nos relacionamentos da protagonista com o mundo em que vive, as pessoas e ela mesma. Até a metade final do livro as sereias não são nem mencionadas, dando espaço para conhecermos mais a vida e a mente de Vanessa, e acompanhar sua evolução. Assim que a irmã, sua fortaleza e exemplo de coragem morre, ela se vê obrigada a amadurecer mais rápido e encarar ela mesma o que tiver de ser. E ela precisa sair do mundo que criou para proteger a si mesma e acaba descobrindo que sabia menos sobre ela própria, sua família e sua irmã do que achava que sabia, o que a incentiva a continuar descobrindo o possível. Como um bom Young Adult, o foco é o protagonista e seu desenvolvimento e crescimento pessoal, mas faz isso sem deixar a narrativa batida e maçante (o que é quase um milagre). O livro cumpre tudo a que se propõe e eu gostei. Recomendo pra quem quer um YA levinho, mas com certo charme mitológico.

"Fechei os olhos. Tudo o que eu queria era saber o que realmente havia acontecido com Justine e o que ela vinha fazendo nos meses que antecederam sua morte. Queria apenas algumas respostas para entender por que ela saltou naquele momento, e então lidar com isso e seguir em frente. Como eu havia passado disso para o que estava acontecendo agora?"

6 comentários:

  1. Bela resenha!
    Eu não sabia que teria uma sequencia, achei que era só esse mesmo.
    Acho que vou começar a ler o meu hoje hahaha

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha Sarah! Já li Sereia e curti bastante. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Obrigada, Vanessa!Também gostei bastante de Sereia. Beijos :*

    ResponderExcluir
  4. Awn, vi que me seguiu no Twitter com a conta do blog e vim dar uma olhada e conhecer seu espaço :3
    Resultado: Minha lista de livros à ler está agora contente com seu novo integrante, culpa sua e de sua resenha!1!! Ficou muito boa, mesmo, o livro parece ser incrível. Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  5. que coisa linda ;_; <3 ! Brigada pelo elogio, espero que você tenha gostado do blog :3

    ResponderExcluir

Blog contents © The Neon Lightning 2012. Blogger Theme by Nymphont.